História

ACA Sintra HistoriaAs senhoras Dr.ª Clara Soares e D. Maria de Lurdes Ferreira, sabendo da existência da Associação Coração Amarelo (ACA) e da ligação à mesma, por parte da srª enfermeira Maria Luísa de Sousa Gomes Pedro, como sócia da delegação de Lisboa, contactaram-na no sentido de obter informações sobre a possibilidade de se criar uma delegação em Sintra.

Esta senhora foi à sede da ACA pedir informações e trouxe documentação necessária. Depois, procuraram-se pessoas interessadas em colaborar, como voluntárias e sócias. Realizaram-se várias reuniões em diversos locais e foi-se contando com o apoio indispensável da srª Dr.ª Rosa Maria Araújo, sócia fundadora da ACA.

Reunido um pequeno grupo, já determinado a criar a delegação de Sintra, iniciaram-se as tentativas para encontrar um espaço para sede. Foram contactadas: Câmara Municipal, paróquia de S. Miguel, Juntas de Freguesia de S. Martinho e S. Pedro, mas não tinham possibilidade de ajudar. Um dia, em menos de 30 minutos, encontrou-se apoio, quase incondicional, na pessoa do presidente da Junta de Freguesia de Santa Maria e S. Miguel, o senhor Eduardo Casinhas.

Conseguidas as condições necessárias, foi informada a direcção nacional da ACA para ser formalizada a existência da delegação de Sintra.

De acordo com a acta n.º 1, pelas 14 h do dia 23 de junho de 2008, reuniram na sede provisória, na rua Câmara Pestana, nº 3, 1º dt., Freguesia de Santa Maria e São Miguel, concelho de Sintra. Foi reforçada a definição dos objectivos e finalidades da nova delegação, proposta a constituição da comissão instaladora e marcada a data provável para a tomada de posse.

No dia 20 de novembro de 2009, foi decidido definitivamente o nome dos membros da comissão instaladora que foi constituída por três elementos.

Uma das actividades relevantes foi a formação das voluntárias aderentes ao projecto. Colaborou connosco o Banco de Voluntariado da Câmara de Sintra e a formação, de acordo com o programa, foi da responsabilidade da senhora Dr.ª Helena Cadete e decorreu com muito interesse. Seguiu-se o programa de divulgação intensiva, na comunidade, da nossa existência, dos objectivos e serviços.

No dia 3 de dezembro de 2008 foi elaborada e formalizada a declaração da existência da delegação da ACA.

“Declaração: Para os devidos efeitos, vem a direcção nacional da ACA declarar que, ao abrigo dos poderes que lhe são conferidos pelos estatutos da associação, conferiu posse à comissão instaladora da futura delegação da ACA na vila de Sintra e que ficou assim constituída: Maria Luiza Sousa Gomes Pedro, Maria de Lurdes Ferreira e Maria Teresa de Carvalho Dias, ficando deste modo a referida comissão instaladora com os poderes necessários para levar a cabo o que julgar útil e necessário à prossecução dos fins da associação - o combate à solidão da população mais idosa - nomeadamente a procura de instalações condignas, angariação de apoios e divulgação da acção da associação tendente ao aumento de inscrições de associados, formação de uma equipa de voluntários e afirmação da associação na comunidade onde está inserida.
Lisboa 3 de dezembro de 2008”

O primeiro evento promocional da delegação de Sintra na comunidade foi no dia 23 de junho de 2009, com a colaboração inestimável do Sr. Rui Santos, director do serviço cultural prestado na Vila Alda, que é um serviço da Câmara de Sintra. Foi feita a apresentação pública e oficial da nossa existência como delegação da ACA em Sintra.

O concelho conta agora com duas Delegações, a 1ª situada no Cacém e a 2ª em Sintra.

Em 2010 foi eleita a primeira direção (2010-2013), com tomada de posse pela DN em Assembleia Geral, constituída pelos seguintes elementos: Presidente Rosa Maria Araújo, Vice-Presidente Maria Luisa Gomes Pedro, Vogais Maria Irene Sequeira, Maria Clarinda Rodrigues, Maria do Carmo Sobreira, Maria de Lurdes Ferreira, Secretário António Nunes Martins. Mais tarde reeleita uma nova direção para o periodo (2013-2015).

No seguimento do trabalho que tinha vindo a ser desenvolvido, a direção teve a preocupação de efetuar uma ampla divulgação à comunidade de Sintra envolvendo todos os órgãos autárquicos (Presidente de Câmara, vereação e Presidentes de Junta) Direção Nacional ACA, Segurança Social, bem como outros serviços da comunidade CVP, Lyons, Rotários, PSP, GNR e IPSS nas instalações da Biblioteca Municipal.

Toda a actuação desta delegação de Sintra se tem desenvolvido em grandes linhas de intervenção:

  1. Apoio a pessoas idosas em SOLIDÃO com visitas ao domicilio;
  2. Iniciativas de carácter cultural e recreativo, com vários programas ocupacionais como passeios temáticos, visitas a museus e monumentos, workshops versando temáticas na área da saúde e do bem estar, bem como actividades abrangentes envolvendo a comunidade (mega picnic e encontro intergeracional de carnaval);
  3. Promoção da formação de voluntários em articulação com a Direção Nacional e Banco do Voluntariado Local;
  4. Atividades de divulgação e angariação de sócios e amigos, com relevo para o tecido empresarial da comunidade;
  5. Criação do CLUBE+ sénior (18 de Junho 2012) em parceria com a CVP de Sintra instalado na sede da CVP com a preocupação da valorização e transmissão de saberes das pesoas idosas bem como o acesso às novas tecnologias e desenvolvimento da criatividade e novos conhecimentos.

A Delegação de Sintra da Associação CORAÇÃO AMARELO continua empenhada na causa da luta contra a SOLIDÃO dos mais velhos e todos somos poucos para levar por diante tão gigantesca missão.

“ A verdadeira generosidade para com o Futuro consiste em dar tudo no Presente”
ALBERT CAMUS